Apresentações artísticas ocorreram na Chatuba

A Prefeitura de Mesquita, no mês de fevereiro, promoveu workshops de artes circenses às terças e quintas, na Chatuba. As ações aconteceram na Escola de Artes da Chatuba e, para encerrar o mês estimulando os alunos a frequentarem o espaço, foi realizada uma ação direcionada às famílias da região no último sábado, dia 27.

“Nós colocamos os próprios participantes dos workshops se apresentando para o público, além de parceiros que vieram prestigiar nosso evento. Quando você abre esse espaço para essa galera que tá aprendendo, você incentiva eles a continuarem, porque eles vivenciam um pouco desse gosto de se apresentar para as pessoas. É isso que a gente mais quer: injetar autoconfiança neles. E mostrar que Mesquita pode revelar inúmeros talentos”, explica o subsecretário de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo de Mesquita, Kleber Rodrigues.

O evento começou às 9h e se encerrou por volta do meio-dia. Como o espaço é amplo, foi possível manter um distanciamento entre o público. Para divertir as famílias, a Hiperativos Eventos também marcou presença com dois números e, além disso, animou a festa com sua equipe fantasiada especialmente para a ocasião. Pipoca, algodão-doce e cachorro-quente foram servidos aos presentes. Para entrar no espaço, era preciso desinfetar as mãos com álcool em gel 70% e aferir a temperatura.

Ação social
A Assistência Social de Mesquita também participou da ação, levando seu ônibus itinerante de serviços para a Escola de Artes da Chatuba. Lá, foram oferecidos, por exemplo, atendimentos como inscrição no CadÚnico, isenção de taxas para documentos, informações sobre programas de transferência de renda e outros oferecidos pelos Centros de Referência em Assistência Social. Kits de higiene pessoal também foram distribuídos aos presentes.

“A ideia do ônibus itinerante é justamente levar para regiões que fiquem um pouco afastadas dos CRAS serviços que são importantes para aquela população. Estamos com uma agenda de paradas. As próximas serão nos dias 3 e 4 de março. Estaremos na Rua Fausto, na Vila Emil, e na Rua Maurício Borges, na Jacutinga, respectivamente. Com essa aproximação com a população, nós identificamos demandas locais. E, assim, encaminhamos essas pessoas para serviços adequados a cada realidade”, explica Erika Rangel, subsecretária municipal de Assistência Social de Mesquita, que contabilizou mais de 150 atendimentos no local.

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa | Jovens Jornalistas

Emanoelle Cavalcanti

Jornalista social e acadêmica de psicologia.