CAMTRA completa 24 anos em defesa do direito da mulher

Fundada em 1997, a CAMTRA (Casa da Mulher Trabalhadora) é uma organização feminista que visa ir ao encontro de outras mulheres para auxiliar na busca de seus direitos e seu fortalecimento de autonomia, visando a construção de uma sociedade justa e igualitária. Para comemorar os 24 anos, a CAMTRA realizará um Ato em uma Live em suas plataformas digitais, o evento será no dia 26 de Abril e começará às 14h, tendo participação de nomes como Clatia Vieira, Renata Souza e Mônica Benício.

“Eu tinha três filhas, morava numa meia água em Campo Grande, era militante e dava aulas numa escola particular. Eu precisava sair pra trabalhar, e também acreditava na revolução. Eu queria fazer a revolução socialista e feminista. Então onde, com quem eu ia deixar as minhas filhas pra fazer tudo isso? Minha maior revolução era conseguir criar minhas filhas. Foi então que eu me deparei com a falta de políticas públicas para as mulheres, e decidi fundar a Casa da Mulher Trabalhadora”, explica Eleutéria Amora, fundadora da CAMTRA.

Durante sua trajetória, a organização consolidou um papel relevante no movimento feminista não só no Rio de Janeiro, como em todo Brasil, participando ativamente da aprovação da Lei 13.019/2014 do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil. Atualmente, a CAMTRA também compõe a Direção Executiva Nacional da ABONG – Associação Brasileira de Ongs e a Secretaria Executiva da Plataforma das Organizações da Sociedade Civil. Integrou as comissões organizadoras de todas as Conferências Municipais de Políticas para as Mulheres do Rio de Janeiro, teve assento no Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, representando a Marcha Mundial de Mulheres, contribuiu ativamente com os debates e a construção de propostas das Conferências Municipais e Livres de Juventude, Saúde, Cultura, Educação e outras. Participou ativamente da construção e articulação de centenas de manifestações públicas organizadas, em articulação com outras organizações de mulheres e da sociedade civil, nas datas de luta das mulheres, destacando-se o 8 de Março – Dia Internacional da Mulher e 25 de Novembro – Dia Internacional de luta pelo fim da violência contra as mulheres.

Além desses, a CAMTRA colaborou ao longo dos anos para que milhares de mulheres tivessem seus direitos assegurados e conhecidos. Hoje em dia também destaca-se por sua atuação como escola de formação feminista para mulheres jovens, trabalhadoras e mulheres de todas as classes sociais.

Segundo o fundador da ComCausa, Adriano Dias: “A CAMTRA sempre construiu com muita coragem a rede de apoio a mulheres, neste momento tão difícil de nosso pais, tem um papel ainda mais importante de reafirmação e promoção destes direitos”.

Lembrando, para comemorar os 24 anos da CAMTRA, acompanhe o Ato/Live em suas plataformas digitais dia 26 de Abril e começará às 14h.

Facebook CAMTRA

Youtube CAMTRA

Instagram CAMTRA

Saiba mais no site oficial da CAMTRA: https://camtra.org.br

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa

Lucas Munford

 

 

 

 

Lucas Munford é estudante de jornalismo e colaborador da ComCausa.

Avatar

Comunicando ComCausa

Ponto de Cultura e Mídia Livre ComCausa.