Filme sobre ditadura Argentina está disponível

A ditadura de 1976 a 1983 na Argentina foi responsável pelo desaparecimento de aproximadamente 30 mil pessoas. Nos anos seguintes, o pais foi um dos poucos a instaurar um processo civil contra o alto escalão militar envolvido nas violações dos direitos humanos.

Isso é que conta o filme “Argentina 1985”, lançado em setembro na Argentina e em outubro no Brasil, o filme histórico é baseado em fatos reais e foi produzido pela Amazon Prime Video em parceria com as produtoras La Union de Los Rios, Kenya Films e Infinity Hill.

História: O filme é contado do ponto de vista do promotor Julio César Strassera, interpretado pelo consagrado ator Ricardo Darín, e se passa no ano mencionado no título, em 1985, pouco tempo após o fim da ditadura em 1983 e um lento julgamento militar que tomou meses em 1984. A demora leva o governo a instaurar um processo civil contra o alto escalão envolvido na ditadura, liderado pelo relutante promotor de justiça Julio Strassera (Ricardo Darín). Inicialmente nem mesmo Strassera acredita na ação e ninguém deseja se envolver no processo, levando-o a procurar a ajuda de uma equipe de advogados mais jovens, entre eles o copromotor Luis Moreno Ocampo (papel de Peter Lanzani).

O filme alterna entre as dificuldades de construir um caso contra os militares, testemunhos viscerais nos tribunais e momentos de tensão na vida de Strassera e sua família, que se tornam alvo de ameaças. O processo, que se tornou conhecido como Julgamento das Juntas, foi o primeiro tribunal civil que condenou uma ditadura militar.

Elenco:O protagonista Julio Strassera é interpretado por Ricardo Darín, conhecido pelo filme O Segredo dos Seus Olhos, vencedor do prêmio Goya por Truman. Nos tribunais, ele é acompanhado por Peter Lanzani que interpreta o copromotor Luis Moreno Ocampo. Peter é um ator e cantor bastante conhecido no país por sua carreira mirim na versão de 2006 de Chiquititas Sin Fin na Argentina.

Argentina 1985 está disponível na Amazon Prime Video.

Portal C3 | Portal C3 Oficial | Comunicação de interesse público | ComCausa

Adriano Dias

Jornalista militante e fundador da #ComCausa