Morre o cantor Erasmo Carlos

O cantor e compositor Erasmo Carlos, ícone da Jovem Guarda, morreu hoje (22) no Hospital Barra D’or, na Barra da Tijuca.

Erasmo havia sido internado no início deste mês com quadro de edema e após nove dias recebeu alta. Na manhã de terça-feira (21) foi novamente internado às pressas e acabou não resistindo. A causa da morte não foi divulgada.

Erasmo Carlos foi um cantor, compositor, ator, músico, multi-instrumentista e escritor brasileiro. Um dos pioneiros do rock brasileiro, nos anos 60 fez parceria com o cantor e compositor Roberto Carlos, os dois compuseram várias músicas juntos, que gravavam em seus discos em carreira solo.

Roberto, Wanderléia e Erasmo formaram o trio Ternurinha, apresentavam o programa de rádio Jovem Guarda. Nele recebeu o apelido de Tremendão, pois seu jeito lembrava muito o de Elvis Presley, na qual nutria grande admiração. Seus maiores sucessos como cantor foram “Gatinha Manhosa” e “Festa de Arromba”.

As músicas de Erasmo tinham grande influência do rock e da bossa nova.

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa

Emanoelle Cavalcanti

Acadêmica de psicologia, voluntária na Ong Médicos do Mundo e jornalista comunitária.