Campanhas

Memória: Pe. Gisley uma vida dedicada às juventudes

No dia 15 de junho de 2009 a Pastoral da Juventude, todo o setor juventude e a Igreja no Brasil recebia com pesar a notícia da morte do Pe. Gisley Azevedo Gomes, vítima de sequestro relâmpago e assassinado brutalmente a tiros. Segundo a polícia que investigou o caso, padre Gisley levou um tiro no rosto e dois na cabeça. O seu carro foi encontrado pela polícia. Foram presos quatro suspeitos e dois deles confirmaram participação no latrocínio.

No dia 17 de novembro de 1977 nascia Gisley Azevedo Gomes em Morrinhos-GO. Em janeiro de 1995 entrou para o seminário, em Goiânia cursou filosofia e fez teologia em Belo Horizonte-MG. No dia 23 d3 Janeiro de 2004 emitiu sua profissão perpétua. E no dia 29 de maio de 2005 foi ordenado padre em Morrinhos sua cidade natal.

Já no primeiro ano de sacerdócio ordenado trabalhou como assessor do setor juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Sendo ele um dos idealizadores da Campanha Nacional da Pastoral da Juventude que tinha como tema “Chega de violência e extermínio de jovens”. Sendo admirado pelas juventudes o seu assassinato provocou revolta e consternação em todos os setores das juventudes da Igreja Católica.

Jovens de todo Brasil principalmente da Pastoral da Juventude e Institutos religiosos, dos quais Pe. Gisley acompanhou e ajudou a coordenar, se manifestaram em repúdio à violência e pela memória do Pe. Gisley. Um outro setor da Igreja tentou usar a morte dele para distorcer o que aconteceu e difamar a imagem do assessor construída por sonhos e amor.

Ainda hoje Pe. Gisley é lembrado pela Pastoral da Juventude, como modelo de compromisso nas causas das juventudes e luta contra violência sofrida pelos jovens.

A Nota da CNBB lembrou o compromisso de Pe. Gisley com a vida de justiça, tendo organizado a Campanha Nacional contra o Extermínio da Juventude com o lema “Juventude em marcha contra a violência”. E lamentou que “ele foi vítima da violência que ansiava combater.”

Confira a íntegra da nota:

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), profundamente consternada, comunica o assassinato do padre Gisley Azevedo Gomes, CSS, assessor nacional do Setor Juventude desta Conferência, ocorrido nesta segunda-feira, 15 de junho. O crime está sendo investigado com empenho pela Polícia com o acompanhamento dos advogados da CNBB e da Congregação dos Sagrados Estigmas (Estigmatinos), a qual padre Gisley pertencia.

Ordenado em 29 de maio de 2005, padre Gisley estava na assessoria do Setor Juventude da CNBB há pouco mais de dois anos. Comprometido com a vida da juventude, organizava, juntamente com as Pastorais da Juventude do Brasil, a Campanha Nacional contra o Extermínio da Juventude que tem como lema “Juventude em marcha contra a violência”. Lamentavelmente ele foi vítima da violência que ansiava combater.

Esperamos confiantes que o crime seja apurado com eficiência e os culpados punidos com justiça. Lembrando a Campanha da Fraternidade que realizamos sobre a Segurança Pública, reafirmamos a urgência de toda a sociedade se mobilizar para por fim à violência que ceifa vidas tão precocemente.

Aos familiares e amigos do padre Gisley, à Congregação dos Estigmatinos, às Pastorais da Juventude do Brasil e aos Movimentos Juvenis a CNBB manifesta seu pesar e sua solidariedade, firmada na palavra do evangelho que nos faz crer na Ressurreição. Cremos firmemente que, neste momento, padre Gisley, atendendo à voz do Cristo que disse: “Jovem, eu te digo, levanta-te!” (Lc 7,14), nasce para a vida eterna . Que Nossa Senhora Aparecida o acolha no Reino de seu Filho Jesus.

Brasilia, 16 de junho de 2009

Dom Geraldo Lyrio Rocha

Arcebispo de Mariana

Presidente da CNBB

Dom Luiz Soares Vieira

Arcebispo de Manaus

Vice-presidente da CNBB

Dom Dimas Lara Barbosa

Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro

Secretário Geral da CNBB

| Editoria Virtuo Comunicação

| Projeto Comunicando ComCausa

| Portal C3 | Instagram C3 Oficial

João Oscar

João Oscar é jornalista militante de direitos humanos da Baixada e colaborador da ComCausa