Reconhecer a diáspora africana

O povo africano nos trouxe uma rica e milenar cultura de diversas regiões da África, uma gigantesca diversidade que, mesmo sob toda a violência que esta pessoas foram submetidas, conseguiram preservar suas tradições culturais e manter valores sociais.

O Brasil é um país mestiço e extremante rico em diversidade cultural, uma grande mistura social e cultural com a população indígena e a europeia criaram distinção dos outros países. Entretanto, é indiscutível que a imigração forçada da população africana é historicamente a maior contribuição para a nossa construção enquanto um país rico em diversidade cultural e étnica.

Diante do retrocesso das políticas sócias do Brasil, o afundamento dos indicadores sociais do país e ampliando ainda mais o abismo da dignidade humano e acesso às oportunidades. Somados ao processo de legitimação dos preconceitos, que tenta criminalizar não somente os indivíduos, mas qualquer movimento que questiona o racismo e a precariedade das condições de vida de negros e negras. Temos que reconhecer o verdadeiro holocausto que foi o ter historicamente boa parte da economia do Brasil baseada em mão de obra escrava, assim como todas as lamentáveis sequelas e perpetuação dos preconceitos que parecem legitimar violências até hoje. Mas tão importante como o enfrentamento ao racismo institucional e estrutural é reconhecer o fenômeno sociocultural e histórico da diáspora africana.

Assim se faz necessário o reconhecimento para a reparação, mas também para afirmação desta riqueza sociocultural que soterramos sob toneladas de preconceitos. Neste processo, diante do esvaziamos das políticas públicas, todo e qualquer gesto ou lembrança, mesmo que simples e simbólico, se torna extremamente importante.

Adriano Dias é jornalista e fundador da ComCausa

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa

Adriano Dias

Adriano Dias

Jornalista militante e fundador da #ComCausa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *