Arte urbana homenageia João Cândido

0
5
arte de rua joao candido
arte de rua joao candido

O marinheiro João Cândido foi o líder da Revolta da Chibata que colocou um basta aos maus-tratos sofridos pelos homens do mar no início do século passado. A preservação de sua memória, que além de envolver a construção de um museu em sua homenagem, agora acaba de receber uma outra contribuição: um mural assinado pelo projeto Negro Muro, na fachada da casa onde ele viveu, em São João de Meriti, Baixada Fluminense.

Situado na Rua Turmalina, bairro Coelho da Rocha, o painel ocupa todo o muro do último endereço do líder da Revolta da Chibata e faz alusão a cenas do levante. Em 1910, Após um marinheiro ser castigado com 250 chibatadas, seus companheiros revoltados tomaram um navio e ameaçaram bombardear o Rio de Janeiro. Foi o próprio João Cândido quem redigiu uma carta na qual os insurgentes exigiam dos comandantes o fim dos castigos. Ele acabou sendo preso e, depois, expulso da Marinha, assim como os outros envolvidos no movimento.

jornal sobre museu joao candido

Para manter viva a lembrança do Almirante Negro, a prefeitura de São João de Meriti trabalha na construção da sede do Museu Marinheiro João Cândido, cujo acervo está instalado de maneira provisória no Centro de Referência de Direitos Humanos, em Vilar dos Teles. Após mais de uma década sem que o projeto saísse do papel, as obras começaram no ano passado, mas ainda estão longe de acabarem.

Adalberto Cândido é único filho vivo de João Cândido, entre os 11 filhos de João Cândido teve. Aos 82 anos, ele se encontra dividido entre a emoção pelo painel que enfeita a fachada e o medo de não ver o museu finalizado.

filho do cândido

— Meu sonho é cortar a fita, mas está demorando muito. Comecei a trabalhar aos 14 anos. Estou vivendo a minha vida, mas um pouco cansado. Meu pai é um herói do povo. É um exemplo de dignidade, de caráter, perseverança. Ele, em si, nunca levou uma chibatada, mas não admitia que o companheiro fosse para o pelourinho ser chicoteado pelo algoz. Ainda quero viver para vê-lo ser oficializado como herói nacional — afirma Seu Candinho.

Página Memorial João Cândido da ComCausa

A ComCausa se juntou a diversos movimentos em memória, desde os 50 anos da partida de nosso mais nobre Almirante, com a finalidade de resgatar a sua luta. Uma destas foi a página ‘Memorial João Cândido’ que em fevereiro 2021 ganhou uma segunda versão.

Para conferir e apoiar é só acessa ComCausa.net/joaocandido e se juntar aos movimentos que já há anos lutam para a consolidação de outro marco importante: a construção do museu João Candido na cidade de São João de Meriti.

* Atualizado em março de 2021.

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa