Baixada cria mais de 2 mil vagas de emprego em março

0
0
Desemprego
Desemprego

A Baixada Fluminense gerou 2.168 empregos com carteira assinada em março, segundo dados da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), divulgados através da plataforma Retratos Regionais.

Em Fevereiro o país teve o maior saldo para o mês em 30 anos, criando cerca 401 mil vagas de emprego formal. Até então, o melhor resultado para meses de fevereiro, havia sido registrada em 2011, quando foram criadas 280.779 vagas formais de emprego.

Entre os principais municípios que mais criaram vagas estão: Duque de Caxias com 1.163; Belford Roxo, 602; Queimados, 229 e Itaguaí com 174.

 

Análise objetiva do estado
A tendência de alta se repetiu em todos os demais grandes setores: Serviços (+7.595), Comércio (+2.270) e Agropecuária (+199), num total de 13.097 novos postos de trabalhos formais em todo o estado.

No setor de Indústrias, segmentos ligados à Construção Civil (+1.164), à Manutenção, Reparação e Instalação de Máquinas e Equipamentos (+762) e à Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios (+510) impulsionaram a geração de empregos. Já no setor de Serviços, as maiores contratações ocorreram nos segmentos de Serviços de Catering, Bufê e Outros Serviços de Comida Preparada (+1.464), Limpeza em Prédios e em Domicílios (+1.252) e Atividades de Atendimento Hospitalar (+731).

A plataforma pode ser acessada através do site: www.firjan.com.br/retratosregionais