Baixada FluminenseCampanhas

Dia da Baixada Fluminense

Em 30 de abril de 1854, foi inaugurada a estação de Guia de Pacobaíba, um centro de integração dotado de um pequeno porto, recebendo os passageiros que chegavam de barco a vapor do Rio de Janeiro. Situada em Magé, na região de Fragoso, aos pés da Serra de Petrópolis, integrava a Estrada de Ferro Mauá.

Essa data icônica foi escolhida por um grupo de intelectuais e artistas em um encontro realizado em 9 de dezembro de 2000, na Faculdade de Educação da Baixada Fluminense (FEBF/UERJ), em Duque de Caxias. A partir desse momento, a Carta da Baixada emergiu como um registro significativo que iniciou um movimento para que a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovasse a proposta da Lei 3822, de 2 de maio de 2002, oficializando o Dia da Baixada no estado e estabelecendo que “será comemorado obrigatoriamente em todas as escolas da rede estadual de ensino público e em todas as repartições públicas estaduais localizadas na região”.

Desde os anos 2000, diversos movimentos e instituições, incluindo a ComCausa, têm buscado promover iniciativas para potencializar os pressupostos desse dia.

Emanoelle Cavalcanti

Acadêmica de psicologia, voluntária na Ong Médicos do Mundo