Está no ar a página Rede Mulher Baixada

0
0
Conheça o Aplicativo Rede Mulher
Conheça o Aplicativo Rede Mulher

A ComCausa lançou no dia 05 de fevereiro a página de internet com a rede de apoio à mulher na Baixada Fluminense.

Segundo o idealizador do projeto, o jornalista Adriano Dias, “desde 2015 vemos o aumento da incidência de casos de violência contra a mulher, além da normatização desta prática, questão que se agravou no último ano” – afirma Adriano – “No decorrer do ano de 2020 acompanhamos uma explosão de casos de violência doméstica durante a quarentena social. O que era da nossa percepção, se confirma através de diversos institutos que divulgaram dados relativos a estes casos”.

O mapeamento – que está disponível no endereço ComCausa.net/redemulherbaixada – teve apoio do Centro Integrado de Atendimento à Mulher (CIAM Baixada), e será “constantemente atualizada junto as parceiras identificadas”, afirmado Emanoelle Cavalcanti que coordenará o projeto.

Mulheres ComCausa
Com o apoio de empresas privadas, a “Rede Mulher Baixada da ComCausa buscará contribuir para o circuito de proteção às mulheres em situação de violência de gênero, mas também de promoção dos direitos da mulher. Movimentos sociais, intuições, governos municipais e estadual, judiciário, casas legislativas e as policias são os principais parceiros para fazermos este debate e enfrentamento em casos de violação. Assim, pedimos também que todas as pessoas que contribuam atualizando e passando mais contatos, além de compartilhar esta página que será periodicamente atualizada” – diz Emanoelle – “Pretendemos também buscar apoio para promover uma capacitação a fim de potencializar a atuação de moradoras da Baixada para que sejam promotoras dos direitos da mulher e ajudem nesta rede”.

Além da página, a ComCausa vai disponibilizar um núcleo de articulação e orientação sobre violências de motivação de gênero na região da Baixada em parceria com diversas instituições e também promoverá companhas alinhadas ao Disque 180 e 100, além de buscar apoio junto outros órgãos do Governos do Estado e o Tribunal de Justiça”.

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa