Lançamento do livro ‘Filhos, pais e avôs’ na Baixada

O livro “Filhos, pais e avôs: narrativas de presença e poder” inaugura a coleção “Presença e Poder”, fruto da parceria entre a senhora Coleman, mentora e coordenadora do projeto editorial e a Editora CRV.

A publicação traz a narrativa de vida de 31 homens negros, através da escrita de mulheres negras. Há, com efeito, um diálogo intergeracional respeitoso entre as autoras e os depoentes de diferentes partes do Brasil.

“Os participantes são homens negros de diferentes idades, classe social e escolaridade. E, um dos grupos eu chamo de ‘detentores de sabedoria’ ou ‘os nossos mais velhos’: aqueles que lutaram e continuam lutando por nossos direitos. Homens marcados pelo Movimento Negro, em especial do Estado do Rio de Janeiro, mas, também, intelectuais de diversos naipes de outras regiões”, afirma Coleman.

Um dos biografados é Athaylton Jorge Monteiro Belo, conhecido como Frei Tatá. À frente da SUPPIR/Superintendência a Promoção da Igualdade Racial, de São João de Meriti, o Frei considera a publicação deste livro mais um esforço coletivo que consolida a preservação da memória dos afrodescendentes que, em sua maioria, compõem a população da Baixada Fluminense, local de onde ele fala. Sua trajetória é marcada pela luta em prol dos Direitos humanos e pelo combate ao racismo. Nos últimos anos, tem liderado os esforços para construir e inaugurar o Museu João Candido, líder da revolta da Chibata, herói de São João de Meriti e herói do estado do Rio de Janeiro.

À frente da SUPPIR/Superintendência a Promoção da Igualdade Racial, de São João de Meriti, o frei considera a publicação deste livro um marco zero para a preservação da memória dos afrodescendentes que, em sua maioria, formam a população da Baixada Fluminense, local de onde ele fala. Sua trajetória é marcada pela luta em prol dos Direitos humanos e pelo combate ao racismo. Nos últimos anos, tem liderado os esforços para construir e inaugurar o Museu João Candido, líder da revolta da Chibata, herói de São João de Meriti e herói do estado do Rio de Janeiro. Neste aspecto, João Candido, o Almirante negro e Frei Tatá são grandes expoentes de autodeterminação no combate à invisibilidade, ao silenciamento, à necropolítica e pelo fim do racismo estrutural. Para o frei, é uma honra fazer parte da coleção Presença e Poder que, aliás, é o cerne de sua luta pela Democracia.

Eventos de lançamento no dia 16 de outubro

10h – Caminhada no Morro do Embaixador 16/10 – Vila São José em São João de Meriti.

17h – Missa afrocatólica de lançamento na Igreja Capela de São Matheus

Rua Antônio Cardoso Leal 241 – Centro de Nilópolis.

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa

Adriano Dias

Jornalista militante e fundador da #ComCausa