Resgate e Memória Kauan Peixoto

Kauan Peixoto foi baleado durante operação da Polícia Militar na comunidade da Chatuba, em Mesquita, no dia 16 de março de 2019, ele tinha 12 anos de idade.

O adolescente tinha saído de casa para comprar um lanche. Em nota, a Polícia Militar disse que a vítima dos disparos de arma de fogo foi encontrada na retaguarda do confronto. Kauan foi levado ao Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu.

“Foi uma situação horrível. Fui para o hospital porque me disseram que foi bala perdida, mas quando chego lá, vejo que meu filho levou três tiros. Bala perdida era para ser um tiro só” disse mãe de Kauan, Luciana Pimenta.

Kauan deu entrada no hospital com um tiro no abdômen, um no pescoço e um na perna. A mãe do garoto confrontou as informações dadas pela polícia no boletim de ocorrência com a de moradores do local.

“Descobri que os policiais entraram na Chatuba e não houve confronto. Meu filho encostou na parede, deram um tiro na barriga dele e quando caiu, levou outro na perna. Depois, o algemaram e colocaram no carro. Ele ainda estava consciente e quando chegou ao hospital, estava desacordado e tinha tomado um terceiro tiro. Eu quero saber o que aconteceu” diz Luciana.

Portal C3 | Portal C3 Oficial

Comunicação de interesse público | ComCausa

Virtuo Comunicação

 

Adriano Dias

Jornalista militante e fundador da #ComCausa