Um olhar sensível sobre Artes Visuais na primeira infância

O ato de educar através das Artes Visuais é de extrema importância para o desenvolvimento crítico e cognitivo na primeira infância. Por intermédio da arte o ser humano torna-se sensível ao mundo que o cerca, possibilitando a capacidade de analisar suas ações.

Arte significa emoções, cores, formas, expressões e sentimentos. E os pequenos utilizam da arte como uma forma de expor o que eles sentem sobre o mundo ao seu redor, sobre seu cotidiano e suas vivências. O que sentimos? Cores significam sentimentos? Rabiscos podem compor histórias? Na arte tudo é possível, desde que você use sua criatividade e a imaginação, características principais da mente de uma criança.

Quando crianças somos conectados com mundo das artes de forma sensível, inocente e simples. Não existe preocupação com significado estético de “belo”, com traços “perfeitos” e cores que se aproximam do “real”. No desenho de uma criança o cavalo pode ser rosa, o céu se torna vermelho.

Na fase adulta, não generalizando, o ser humano perde um pouco da sua liberdade de criação, utilizamos do senso estético para julgar o que é belo ou não. Essa reação, por vezes, é resultado de uma educação automática, rotineira e de atividades pedagógicas monótonas.

Dessa forma, o papel do educador não é de possibilitar atividades automáticas, mas pensar em linguagens e ferramentas que tornem o processo de aprendizado espontâneo e expressivo. Assim, os pequenos poderão compartilhar suas experiências e fazer conexões entre si de forma criativa e lúdica.

Outra ferramenta importante na prática das artes visuais são os materiais que serão utilizados como suporte e composição dos trabalhos. Um pincel? Um papel? Uma folha jornal? Um pedaço de pedra? Uma melodia? O próprio corpo como suporte? Qualquer material pode ganhar um novo significado quando pensamos de forma artística, isso depende da sensibilidade de quem vai utilizá-lo. E na infância, período de grande desenvolvimento, é que podemos aguçar ainda mais o nosso lado sensível.

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa | Jovens Jornalistas pelos Direitos da Mulher

___________

Tatiane Silvana

Tatiane Silvana é educadora, apaixonada por Artes plásticas e fotografia. Formada em Artes Visuais pela UERJ, com pós em Ensino de Artes Visuais pelo Colégio Pedro II e colaboradora da ComCausa.

Comunicando ComCausa

Ponto de Cultura e Mídia Livre ComCausa.