Alunos surdos tem aula em laboratório de Ciências

O laboratório de ciências para deficientes auditivos foi inaugurado pela Secretaria Municipal de Educação de São João de Meriti com o objetivo de promover a inclusão social. O equipamento está em operação há um mês, faz parte do Projeto Surdos, e a secretaria funciona uma vez por semana na Escola Municipal Dr. Getlio de Moura, no Parque Tietê.

O projeto é em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com o objetivo de proporcionar aos alunos carentes da rede municipal a chance de vivenciar o ensino de ciências de forma divertida. Antes disso, os alunos tinham que ir até a universidade para estudar a matéria.

O curso foi minuciosamente planejado e tem como principal objetivo tornar possível e fácil o processo inclusivo com metodologia centrada no aluno. O município de São João de Meriti tem cerca de 30 alunos portadores de deficiência auditiva listados na rede municipal. Os participantes foram escolhidos por meio de uma pesquisa realizada pelas instituições de ensino onde estão matriculados.

Portal C3 | Portal C3 Oficial | Comunicação de interesse público | ComCausa

Débora Barroso

Estudante de ciências sociais e colaboradora da ComCausa.