ComCausa remarca lançamento de ações para maio e junho

Desde o final de 2020 a ComCausa retomou ações sistêmicas com novos apoio e apoiadores, entretanto, devido ao restrições da segunda onda da pandemia, com agravamento de número de casos, foi necessário remarcar lançamento, inclusive de datas de referência importantes como o dia da Baixada e os atos de memória da chacina da Baixada e os dez anos dos Anjos de Realengo.

Segundo o fundador da ComCausa, o jornalista Adriano Dias: “Acreditávamos que as condições sanitárias se estabilizassem, tínhamos uma vasta agenda de atividades e lançamentos. Algumas conseguimos realizar como o retorno do Sarau DebateQuim, mas mesmo as estas os trabalhos que eram internos em nossa sede tiveram que ser repensadas”.

Alexandre Assis, coordenador da instituição, conta que “com o aumento de casos e mortes entre os meses de março e abril últimos, nos fez suspender as atividades externas e limitou muito também a participação dos colaboradores na ComCausa”.

Assim, na última semana, a ComCausa refez o cronograma de lançamentos e atividades para maio e junho. Serão mais de trinta ações, campanhas e capacitações que ocorrerão nos próximos dois meses e serão divulgadas em nossos canais na internet.

Memória e história

Com o tema “Dom Adriano Hypólito, a história e a memória de luta por direitos humanos na Baixada Fluminense”, a ComCausa promoverá um DebatePapo Virtual para retornar o projeto. O primeiro DebatePapo será na quinta-feira, dia 06 de maio, a partira da 20 horas no Facebook da ComCausa – com a participação do jornalista Artur Messias, do coordenador do Memória e Verdade, Peter Sana e Adriano Dias da ComCausa.

Jovens Jornalistas pelos Direitos da Mulher

Iniciado em fevereiro na etapa de montagem de rede de promoção e defesa dos direitos da mulher –  que já este disponível no endereço https://www.comcausa.net/redemulherbaixada/ – o Jovens Jornalistas pelos Direitos da Mulher tinha como previsão iniciar as capacitações em março, entretanto devido as restrições da pandemia, tanto os parceiros no poder público, quanto os profissionais que participariam desta fase optaram pelo adiamento.

Finalmente, após a reorganização do cronograma temos a data de 11 de maio para a primeira turma do ‘Jovens Jornalistas pelos Direitos da Mulher’, as inscrições podem ser feitas pelo email [email protected] ou no formulário deste link do projeto.

A iniciativa da ComCausa, com apoio do CESE, se propõe a capacitação profissional e empoderamento de jovens mulheres em técnicas de jornalismo comunitário, articulação e acionamento de rede de proteção. Utilizando a comunicação social como principal ferramenta de empreendedorismos social, instrumento da prevenção à violência de motivação de gênero e canal de exigibilidade através da visibilidade. Além destes, a ComCausa vai criar uma nova rede de reflexão, promoção e ação pelos direitos da mulher na Baixada Fluminense.

Programa do Jovens Jornalistas

Modulo 01 – Jornalismo
Encontro 01
• Apresentação com dinâmica da Linha do tempo da vida
• Introdução cultura de direitos humanos e comunicação cidadã
• Debate direitos humanos e comunicação
• Cultura de direitos e comunicação
• Dinâmica de elaboração de pauta para redes sociais
• Produção de conteúdo do encontro e divulgação nas redes pessoais e da ComCausa
Encontro 02
• Elaboração de textos jornalísticos
• Dinâmica de elaboração de pauta escrita para reportagem
• Criação de conteúdo para publicação
• Técnicas de captação e tratamento de fotos com softwares livres
• Técnicas de captação e edição de vídeos com softwares livres
• Produção e publicação de matéria no Portal C3 da ComCausa
Encontro 03
• As redes sociais e a comunicação cidadã
• Mosaico de comunicação sobre conteúdos produzidos
• Formas de participação para a produção de comunicação
• Produção e publicação de matéria no Portal C3 da ComCausa
• Produção de foto e vídeos
• Revisão dos conteúdos tratados
• Produção e publicação de matéria no Portal C3 da ComCausa

Modulo 02 – Promotoras
Encontro 04
• Políticas para mulheres
• Normativas voltadas para mulheres
• Equipamentos de apoio às mulheres
• Formação e promoção de rede

Encontro 05
• Seminário sobre comunicação e políticas para mulheres

Encontro 06
• Atividade na Praça dos Direitos Humanos

Rede Mulher Baixada e Jovens Jornalistas pelos Direitos da Mulher

A Baixada Fluminense é comporta por treze municípios com cerca de 4 milhões de habitantes divididos com grandes diferenças sociais. Na região existe um alto índice de violência de gênero, das mais graves, até as simbólicas. A fim de contribuir com esta questão, a ComCausa criou um projeto de articulação e promoção da rede de apoio a Mulher na região. Já o ‘Jovens Jornalistas pelos Direitos da Mulher’ vai capacitar em técnicas de jornalismo comunitário, articulação e acionamento de rede de proteção na Baixada Fluminense. Utilizando a comunicação como principal ferramenta de empreendedorismos social, instrumento da prevenção à violência de motivação de gênero e canal de exigibilidade através da visibilidade.

Portal: ComCausa.net/JovensJornalistasMulher  ou ComCausa.net/RedeMulherBaixada

Telefone 55 (21) 99957-3821 | Email: [email protected] 

Parceria:

Cese | Coordenadoria Ecumênica de Serviço

Apoio:

Emanoelle Cavalcanti

Emanoelle Cavalcanti

Jornalista social e acadêmica de psicologia.