Faleceu neste domingo Roberto Dinamite maior ídolo do Vasco da Gama

Roberto Dinamite faleceu neste domingo dia 8 de janeiro, às 10h50, aos 68 anos. Desde 2021 o ex-jogador vinha tratando de um tumor no intestino, neste sábado ele voltou a ser internado no hospital da Unimed, no Rio de Janeiro e não resistiu. O Vasco da Gama em sua conta do Twitter lamentou a morte do seu ídolo.

Nascido em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, em 13 de abril de 1954, Carlos Roberto Gama de Oliveira, ou só Roberto Dinamite, estreou no futebol profissional pelo Vasco da Gama no dia 25 de novembro de 1971, marcando seu primeiro gol na vitória sobre o Internacional de 2 a 0. No dia seguinte veio o apelido nas manchetes do Jornal dos Sports “Garoto-dinamite explodiu”.

Roberto Dinamite tem na carreira 708 gols em 1.110 jogos pelo Vasco, sendo 190 gols marcados no Campeonato Brasileiro, marca que até hoje ninguém alcançou. Com o Vasco, Roberto conquistou um Campeonato Brasileiro (1974) e cinco Campeonatos Cariocas (1977, 1982, 1987, 1988 e 1992). Se tornando assim o maior ídolo do clube.

Um dos jogos históricos do Cruz-Maltino foi o da volta ao clube carioca depois de breve passagem pelo Barcelona, onde marcou cinco gols na vitória sobre o Corinthians em 1980.

Roberto também teve breves passagens pela Portuguesa, em 1989, e pelo Campo Grande, em 1991, antes de retornar ao clube do coração para encerrar a carreira em fevereiro de 1993 num amistoso entre Vasco e Lá Coruña, da Espanha, no Maracanã. Naquele dia, Zico, ídolo do rival Flamengo, vestiu a camisa cruz-maltina para homenagear o amigo.

Como presidente do clube o ídolo vascaíno teve que lidar coo o primeiro rebaixamento, conquistou o título da segunda divisão e a Copa do Brasil, mas em 2013 viu o Vasco cair novamente e encerrou seu segundo mandato em 2014, tendo assim uma trajetória conturbada como presidente do clube.

Roberto Dinamite nunca deixou de ser ídolo do Vasco. Em 2021, um programa de financiamento coletivo arrecadou, em menos de seis horas, R $190 mil para a construção de sua estátua em São Januário. O monumento foi inaugurado em 28 de abril deste ano, com uma grande festa.

Portal C3 | Portal C3 Oficial | Comunicação de interesse público | ComCausa

João Oscar

João Oscar é militante de direitos humanos da Baixada e jornalista comunitário.