Brasil voltou ao Mapa da Fome

Segundo o novo relatório da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o Brasil voltou ao Mapa da Fome, mais de 60 milhões de pessoas estão em insegurança alimentar no Brasil – praticamente três em cada dez habitantes do Brasil, que tem uma população estimada em 213,3 milhões. Desse total, 15 milhões chegaram a passar fome.

No ano passado, 828 milhões de habitantes do planeta passaram fome. Pelo levantamento, o Brasil está pior do que a média global. A porcentagem de pessoas em insegurança alimentar moderada e grave é mais alta aqui.

A pesquisa faz uma média do que aconteceu durante três anos. De acordo com o documento, entre os anos de 2014 e 2016 o país contabilizava menos de 4 milhões de pessoas em insegurança alimentar grave. Com o novo levantamento, a FAO voltou a divulgar o Mapa da Fome, o que não fazia desde 2015. Naquele ano, o Brasil estava fora dessa classificação. Mas os números divulgados agora, que englobam o período de 2019 a 2021, jogam o país de volta ao Mapa da Fome.

Um país entra no Mapa da Fome quando quando mais de 2,5% de sua população enfrentam uma escassez crônica de alimentos. A fome crônica no Brasil atingiu a marca de 4,1%.

Portal C3 | Portal C3 Oficial | Comunicação de interesse público | ComCausa

João Oscar

João Oscar é militante de direitos humanos da Baixada e jornalista comunitário.