Assentamento na Baixada reúne alimentos orgânicos

O assentamento localizado entre os municípios de Nova Iguaçu e Duque de Caxias reúne alimentos plantados por agricultores da região.

Grande parte dos produtos são destinados a alimentação de alunos de escolas públicas de Duque de Caxias, Nova Iguaçu e também de outras cidades. Os alimentos são todos orgânicos e cultivados de forma natural, sem agrotóxicos ou qualquer outra substância química.

O Coletivo Terra e a Cooperativa Agro Verde são responsáveis pela organização do espaço. Eles que também são produtores, tem como objetivo distribuir e incentivar cada vez mais o avance dos territórios agroecológicos e orgânicos com produção diversificada.

A diretora da Cooperativa Agro Verde, Clarisse Manhã, comentou a respeito,

“Todo mundo sai ganhando, o aluno de Niterói está comendo melhor, o comerciante daqui que nem planta, tá se dando bem também, por que o agricultor tem mais recurso e vai comprar na economia local. E aí a gente vê que a roda da economia solidária tá gerando 100%.”

Falta de investimentos

O trabalho é desenvolvido por 49 famílias que vivem na região e para se deslocarem até o assentamento, existe uma grande dificuldade. Há falta de investimentos nas estradas, que não possuem asfalto e os transportes públicos acabam não chegando até la, prejudicando também as crianças de irem pra escola. Eles fazem um pedido ao Governo do Estado, pois o assentamento leva comida de qualidade para diversas famílias e é uma ferramenta de combate à pobreza do Estado, pois gira a economia local.

De acordo com RJ1, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio disse que irá fazer uma avaliação para estudar providências. Já a Prefeitura de Duque de Caxias irá enviar uma equipe técnica até o local para levantar as necessidades para melhoria das estradas.

Portal C3 | Portal C3 Oficial | Comunicação de interesse público | ComCausa

Débora Barroso

Estudante de ciências sociais e colaboradora da ComCausa.