Expande

Quando eu era criança não sabia ao certo o que era um museu, não sabia quem era Picasso, Tarsila do Amaral, Leonardo da Vinci, Frida Kahlo. Eu não tinha acesso ao “mundo das artes”, tudo era muito longe do local que eu morava e meus avós (que considero meus pais) não tinham noção desse “mundo” para poder me orientar, eles nunca foram apresentados ao assunto e infelizmente existiam outras preocupações na época. Eu não os culpo por isso, pelo contrário. Afinal, cresci em uma área humilde do Rio de Janeiro, na Baixada Fluminense, uma região rica culturalmente, mas abandonada em vários sentidos.

Lembro que na infância eu assistia Tartarugas Ninja, eu era muito apaixonada por esse desenho, assim eu quis saber quem eram Donatello, Leonardo, Michelangelo e Rafael: os grandes mestres do Renascimento que os personagens do desenho carregavam como nome. Afinal, o que era o Renascimento? Fui procurar minhas respostas na biblioteca da escola, descobri sobre os grandes artistas, que cores contavam histórias, que eu não precisava desenhar apenas formas realistas. Eu descobri o abstrato e percebi que o belo era algo muito relativo. Cresci apaixonada por livros, cinema, artes plásticas e pela cultura no geral.

Costumo dizer que minha relação entre arte e cultura me salvou de uma realidade insensível e por vezes dura, me fez sonhar e acreditar em coisas que diziam que eu não era capaz de conseguir. A arte me fez perceber um mundo de uma forma sensível, linda e sou muito grata por isso. Ela me expandiu como pessoa, me fez crescer. Fruir arte na minha infância fez da minha realidade dias menos difíceis. Acho que por isso me tornei educadora, pois acredito no poder que a arte tem de encantar e expressar o que cada indivíduo tem no seu íntimo. A arte nos encanta e explica a vida de uma forma encantadora.

Já dizia Nietzsche: “A arte e nada mais que a arte! Ela é a grande possibilitadora da vida, a grande aliciadora da vida, o grande estimulante da vida”.

E eu vos digo: A arte é faísca para uma revolução e na evolução pessoal do ser humano.

 

Avatar

Comunicando ComCausa

Ponto de Cultura e Mídia Livre ComCausa.