Curso ajuda jovens a conseguir o primeiro emprego

Uma parceria entre o Governo do Estado do Rio, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, com a Procter & Gamble e com a Organização Não-governamental Instituto PROA oferece oportunidades de desenvolvimento e empregabilidade para jovens de baixa renda. O objetivo é ajudar a formar e inserir 6 mil jovens no mercado de trabalho.

No primeiro mês da iniciativa, foram cadastrados 1.700 jovens que irão se aperfeiçoar para o mercado de trabalho e se conectar com vagas de emprego. “Conduziremos ao menos mil jovens a vagas em empresas parceiras do PROA, em municípios do Estado e na própria P&G”, explica a presidente da P&G no Brasil, Juliana Azevedo. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico participa ajudando a inserir os formados no mercado de trabalho.

No programa, os jovens de 17 a 22 anos que concluíram o Ensino Médio em escolas públicas e que buscam seu primeiro emprego, têm acesso gratuito à plataforma on-line que oferece 100 horas de aulas com orientação e apoio de tutores em encontros semanais ao vivo. Ao final, os alunos que concluírem estarão aptos para participarem de processos seletivos para vagas de posições de início de carreira e primeiro emprego. Todos recebem certificado de conclusão emitido pelo PROA e têm acesso a vagas de emprego disponíveis no mercado.

“Estamos muito felizes em conectar esses jovens a oportunidades para entrarem no mercado de trabalho. Entrevistamos mais de 70 empresas com o objetivo de entender as reais demandas, assim como as competências necessárias para os jovens estarem preparados para o início de carreira. Vai ser incrível ver esses mais de 1.700 jovens do Rio transformarem suas vidas”, afirma Alini Dal’Magro, CEO do Instituto PROA.

As inscrições para as turmas de setembro já estão abertas no site: https://plataforma.proa.org.br/. São 2.800 vagas disponíveis. Para participar é preciso ter entre 17 e 22 anos, estar cursando ou ter concluído o 3º ano do Ensino Médio em escola pública e morar no Estado do Rio de Janeiro.

Portal C3 | Comunicação de interesse público | ComCausa

Emanoelle Cavalcanti

Jornalista social e acadêmica de psicologia.